O Que Fazer em Natal

Compartilhe:

Mirante

 

Natal reserva pontos turísticos em todos os cantos, de norte a sul. A capital do Rio Grande do Norte também funciona como ponto base para conhecer outras cidades próximas. Então confira aqui o que fazer em Natal.

O estado do Rio Grande do Norte possui cerca de 400 quilômetros de litoral, repleto de belas paisagens e praias,. Além disso, Natal e seus arredores tem sol praticamente o ano todo, o que ajudou a tornar a cidade um dos destinos lugares mais visitados do Brasil.

Nesse artigo você verá os principais pontos turísticos de natal e também os passeios em Natal. Se seu interesse maior está nas praias, confira aqui um artigo que trata especificamente delas.

A seguir, confira os principais pontos turísticos da capital potiguar.

 

Pontos Turísticos de Natal

Se você ainda está em dúvida sobre o que fazer em Natal, os próximos itens irão te ajudar. Confira os principais pontos turísticos de Natal e escolha quais deles irá visitar quando estiver na cidade.

 

O Maior Cajueiro do Mundo – Cajueiro de Pirangi

 

Cajueiro de Pirangi
Cajueiro de Pirangi

 

O cajueiro de Pirangi é considerado o maior cajueiro do mundo, e fica na cidade de Parnamirim, mais especificamente no distrito de Pirangi do Norte, próximo à cidade de Natal. Em frente ao cajueiro de Pirangi há uma feira que vende artesanato e produtos locais.

O cajueiro é enorme e cobre uma área de cerca de 10 quilômetros. Em um ano, produz por volta de 50 toneladas de caju! De acordo com especialistas, isso acontece em função de uma mutação genética. No período que vai de novembro a janeiro, que é o de época do caju, além de caminhar em meio aos galhos e cipós do cajueiro já centenário você também pode colher e apreciar a fruta do próprio cajueiro.

 

Forte dos Reis Magos

Forte dos Reis Magos
Forte dos Reis Magos

 

Foi construído em 1598 na Praia do Forte, e abriga o Marco de Touros, que foi fincado por Américo Vespúcio.

Veja também:  Quando Ir Para Natal

O forte demorou cerca de 30 anos para ser finalizado, e atualmente é um dos principais cartões postais de Natal. O forte contempla alojamentos, canhões e uma capela. O Marco de Touros é uma peça de mármore com cruz de malta esculpida, com data de 1501. A história nos conta que Américo Vespúcio fincou o marco para confirmar que as terras eram de posse de Portugal. O forte possui a forma de uma estrela com cinco pontas.

 

Dunas de Natal

Dunas Genipabu
Dunas Genipabu

 

As dunas de Natal são uma atração a parte na cidade, e recomendadas em praticamente todo lugar que você pergunta sobre o que fazer em Natal. Você pode simplesmente admirar as lagoas fixas e móveis que ficam em meio às dunas, como um mirante, ou então buscar algo com mais emoção e se aventurar nas areias da capital potiguar.

Você verá mais sobre as dunas de Natal e arredores quando falarmos do Parque das Dunas e do Passeio de Bugue nas dunas de Genipabu.

Além de o que fazer em Natal, saiba mais sobre a cidade:

Aquário de Natal

A vida marinha de Natal é mostrada no aquário da cidade, que abriga dezenas de espécies de peixes. O lugar abriga 25 aquários com boa variedade de espécies de água salgada e doce. Além dos peixes, o aquário de Natal també abriga macacos, pinguins, jacarés e jiboias.

Shopping do Artesanato Potiguar

Para quem sempre gosta de comprar um souvenir em suas viagens, uma opção é o Shopping do Artesanato Potiguar, que reúne vários stands que vendem produtos que vão desde artesanatos e comidas típicas da região até camisetas e imãs de geladeiras. Fica situado próximo a praia de Ponta Negra.

 

Região da Praia de Ponta Negra

Praia de Ponta Negra
Praia de Ponta Negra

 

No bairro em que está a praia de Ponta Negra se concentra o comércio turístico de Natal. É lá que os vendedores ficam em suas barraquinhas no período da noite vendendo passeios de bugue e para conhecer praias da região nos dias seguintes.

É também na Ponta Negra que ficam boa parte dos hotéis e restaurantes mais turísticos de Natal. É uma região boa para se hospedar, relativamente tranquila em termos de segurança e com boa infra-estrutura. No período da noite também há uma concentração de food trucks na região de Ponta Negra. Considerando que a região é mais turística, os preços não são dos mais baixos, mas há uma variedade razoável de opções.

Veja também:  Quando Ir Para Aracaju

Centro Histórico de Natal

A história de Natal se torna evidente no centro histórico da capital potiguar. Lá você pode entender facilmente quais tradições e arquitetura que destacam as principais características da cidade.

A cidade alta mantém um centro cheio de história. Caminhando pelas ruas movimentadas, você pode ver os antigos edifícios, como o da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Apresentação, construído em 1694, a Igreja Matriz do Rosário, 1714 e a Igreja de Santo Antônio, construída em 1766. Alguns edifícios do centro também se destacam pelos elementos neoclássicos, como o Palácio de Potengi, onde está localizada a Pinacoteca do estado do Rio Grande do Norte.

Museus em Natal

Alguns museus da região de Natal aproximam os visitantes às tradições da cidade. Os museus da cidade vão desde homenagens ao conhecido folclorista Câmara Cascudo até ornamentos que referenciam o vaqueiro, um dos símbolos de Natal.

O museu em homenagem ao maior folclorista do país apresenta uma coleção de arte indígena e sacra. Possui o nome de Instituto Câmara Cascudo. Na parede da biblioteca há uma partitura da Aquarela do Brasil, desenhada por Ary Barrosa. No final do passeio ao museu, você pode comprar livros do autor se quiser.

O Memorial Camara Cascudo também homenageia Luís da Câmara Cascudo, e possui uma coleção de arte popular, brinquedos antigos e outros itens coletados pelo autor.

O Museu do Vaqueiro apresenta roupas e ferramentas típicas de um vaqueiro, como marcadores de gado por exemplo. O local possui alguns letreiros com poemas de Cascudo e uma sanfona que foi doada pelo músico Dominguinhos.

Arena das Dunas

O estádio ainda é uma novidade para os moradores e turistas. Foi um dos estádios usados na Copa do Mundo de 2014, sendo que sua inauguração ocorreu em dezembro de 2013.

O estádio possui o formato de dunas, o que lembra um dos maiores atrativos de Natal. A Arena das Dunas foi construída no local que abrigava o estádio Machadão, que foi demolido para abrigar a nova estrutura. O estádio conta com capacidade para 32 mil pessoas e tem dois telões, sistema sonoro de última geração, espaço VIP com lounges, academia, 40 camarotes, restaurantes e lojas. Além da realização dos jogos, o estádio também deve ser utilizado para shows e convenções.

Veja também:  Quando ir Para Fortaleza

Passeios em Natal

 

Passeio de Bugue em Genipabu

Passeio de Buggy

 

Um dos passeios mais tradicionais que os turistas fazem quando procuram o que fazer em Natal é o passeio de bugue nas dunas de Genipabu. A região fica ao norte de Natal, com sol praticamente o ano todo. Aos integrantes do bugue costumam ser dadas 2 opções, o passeio de bugue pelas dunas com emoção ou sem emoção. A grande maioria das pessoas prefere o passeio com emoção, e nisso inclui uma série de manobras dos bugues em alta velocidade. Quem está atrás no bugue deve se segurar muito bem para não haver acidentes.

Durante o passeio são oferecidos também uma volta com dromedários. Em janeiro de 2018 o passeio de 15 minutos custava R$100. Em outra parada algumas opções um pouco mais radicais, que são o esquibunda, aerobunda e o kamikase.

O passeio de bugue ainda passa pela Lagoa de Genipabu (por lá não é permitido entrar na lagoa), avistada do alto das dunas.

 

Parque das Dunas

Entrada do Parque das Dunas
Entrada do Parque das Dunas

 

O Parque das Dunas é uma parte da Mata Atlântica em Natal. Ele possui uma área verde protegida por lei, e ocupa por volta de 1.172 hectares dentro da área urbana de Natal. O parque é tão extenso que pode ser visto de praticamente toda a região da zona sul de Natal. Para quem já conhece a cidade, o parque segue toda a extensão da Via Costeira e circunda toda a Universidade Federal do Rio Grande do Norte, podendo ser visto na avenida que dá acesso a Ponta Negra, separando os bairros nobres de Natal da praia.

A principal entrada do parque fica no Bosque dos Namorados, com entrada na rua Alexandrino de Alencar. O Bosque por si só tem várias atrações, como parques para asa crianças, sagüis pulando nas árvores, um laboratório que exibe insetos as próprias plantas do Parque. Vários moradores de Natal costumam caminhar no Bosque.

O Parque das Dunas oferece caminhadas com guias através da mata, tendo como local de partida o Bosque dos Namorados. O guia acompanha os grupos e dá dicas sobre o local. As caminhadas têm percurso de tamanhos variados, para acomodar pessoas de condicionamentos físicos variados.

Compartilhe: